Educar 2005: Tecnologia marca abertura

18/05/2005 § 7 Comentários

Notícia – Gabriel Chalita, Secretário Estadual da Educação de São Paulo, foi aplaudido de pé após sua conferência de abertura na Educar 2005. A feira, uma das mais importantes da área, reúne empresas, escolas e palestrantes internacionais. O Secretário Municipal da Educação, José Aristodemo Pinotti, e representantes da organização participaram da abertura. O tema da conferência foi o mesmo do evento em geral: “Educar na Era da Informação”.

objetivo.jpg

Simulador de realidade virtual do Objetivo (Crédito: Divulgação)

Chalita chamou atenção para a necessidade de unir as novas tecnologias com outros aspectos da educação. “Devemos usar o computador, as teleconferências, mas não esquecer o contador de histórias”, disse o secretário. Usar o computador criativamente também é um ponto importante, de acordo com o conferencista.

Os destaques da feira são os stands das redes de escolas Etapa, Objetivo e Positivo. O Objetivo trouxe até simuladores de realidade virtual para demonstrar conceitos de Física e Geografia. Instituições de ensino superior e profissional também mostram produtos na área de tecnologia e educação. A formação por educação a distância é outro setor com grande presença no evento. Confira outras notícias sobre a Educar 2005 na busca de notícias do Yahoo!.

Anúncios

§ 7 Respostas para Educar 2005: Tecnologia marca abertura

  • joao disse:

    adorei seu texto!

  • renata disse:

    Opa, valeu 🙂

  • Karen disse:

    Concordo com o Prof. Chalita!
    Acredito que é possível potencializar o uso das novas tecnologias para otimizar o processo de ensino-aprendizagem. Afinal, a educação a distância está conseguindo superar fronteiras físicas e levar educação à diferentes contextos sociais.

  • Fábio disse:

    Muito interessante. A tecnologia veio para ficar, mas infelizmente toda sua potencialidade, ainda, é mal direcionada à uma sociedade cada vez mais individualista e fria. Educação à distância? Até que ponto trará benefícios?

  • katia cilene disse:

    se fala tanto em valorização profissional, mas na verdade não vejo isto.tenho o magistério, pedagogia com licenciatura plena, mas não com habilitação no ensino fundamental, faço todos os cursos oferecidos pela secretaria de Educação, como por exemplo fiz um ano e meio do curso letra e vida,quero saber se ele não é válido para progressão continuada do professor, e se posso continuar em exercício no próximo ano?

  • VILMA TENANE PRADO disse:

    Olá, tudo bem?
    Concordo com o professor Chalita, as Novas Tecnologias na Educação insere os professores e os alunos num cenário fantástico, surge então um diálogo entre os envolvidos. A figura do professor nesse contexto tecnológico é impreterível, pois o professor ainda é como o “contador de história”, MAS PRECISA SABER CONTAR HISTÓRIAS!
    Segundo o prof. José Manuel Moran, “do ponto de vista metodológico o professor precisa aprender a equilibrar processos de organização e de “provocação” na sala de aula. Uma das dimensões fundamentais do educador é ajudar a ENCONTAR UMA LÓGICA DENTRO DO CAOS DE INFORMAÇÕES” que temos na Internet.
    O desafio das Novas Tecnologias, está levando professores à buscar programas de formação continuada e perceber que está diante de um novo paradigma e que chegou a hora de ter um olhar diferente para a sala de aula, com atividades diferenciadas. Levando o aluno à uma efetiva aprendizagem.

  • leene disse:

    Sinceramente fico muito frustrada com as diretrizes pedagógicas em nosso país. As decisões continuam vindo de ”cima” para ” baixo”comprometendo a autonomia e a liberdade do espaço escolar-formativo. Essa carga de 9 horas é absurda e nos remete a continuação da famosa ”catequização” que continua a permear as entrelinhas da educação. Continuamos a ser ”invadidos” e não respeitados diante de nossa realidade cotidiana pedagógica e a relação professor-aluno cada vez mais empobrecida, continua sendo reflexo dessa ”invasão”. Por favo senhor secretário, seja mais coerente com sua formação que intitula-se de um PROFESSOR e consulte, colha maiores informações com quem realmente trabalha com educação, antes de concordar com absurdos como esse!
    Leene De Souza
    Pedagoga

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

O que é isso?

Você está lendo no momento Educar 2005: Tecnologia marca abertura no Pesquisa Educação.

Meta

%d blogueiros gostam disto: