O grafite é ou não é arte?

24/05/2005 § 20 Comentários

Atividade sugerida – Confira a sugestão de atividade para professores do Ensino Fundamental e do Ensino Médio.

stock-xchng.jpg

Exercício para a sala de aula

1. Disciplina – Artes

2. Público-Alvo – Alunos da 8a. série do EF ou do 1o. ano do EM

3. Tema – Grafite

4. Questão problematizadora – O grafite é ou não é arte?

stock-xchng6.jpg

5. Estratégia – Em grupos, os alunos deverão ser solicitados a pesquisar na Internet, divididos em duas grandes equipes, subdivididas em grupos de 5 alunos cada. Os subgrupos que compõem o grande Grupo A terão que pesquisar na internet em busca de argumentos que defenderão a tese de que o grafite é arte. Os do Grupo B defenderão a tese de que o grafite não é arte.

6. Palavras-Chaves – Artes Visuais / Arte Pública / grafite / arte popular

7. Seleção de sites encontrados – caminho a ser construído com a orientação do professor (observem, por exemplo, que o Yahoo! já pré seleciona os sites por critérios que colaboram no refinamento da pesquisa)

8. Organização de registros que possam interessar – No Word, podem ser recortados e copiados textos; nomes de artistas; imagens de grafite; imagens de outros tipos de produção similar, tal como os murais (que servirão como elementos de comparação para se chegar ao conceito do que é um grafite e se é arte ou não) etc.

stock-xchng5.jpg

9. Elaboração do trabalho – observe que a proposição de uma pesquisa como esta, faz da internet um instrumento valioso, pois:

– Propõe ao professor o papel fundamental de orientador no processo de aprendizagem dos alunos;

– Sugere a construção dos caminhos de uma pesquisa que constrói conhecimentos e exige reflexão em oposição ao já famoso processo cópia/impressão;

– Colabora para a criação de um processo de elaboração do conceito de arte; de arte pública de grafite; a diferença entre grafitagem e arte-mural, etc.

– Colabora na formação de competências e habilidades de leitura de diversos tipos de texto – incluindo aqui imagens;

– Oferece caminhos que contribuem para a construção do raciocínio argumentativo.

– Instrumentaliza os alunos para a leitura, seleção e produção de textos em diversos suportes e com diferentes linguagens.

10. Apresentação dos trabalhos – os trabalhos poderão ser apresentados oralmente, na forma de um debate entre os grupos A e B. A apresentação dos trabalhos pode ser enriquecida ainda por uma pesquisa de imagens na Internet. Na busca do Yahoo!, digite o termo grafite e confira os resultados encontrados em imagens. Em seguida, utilize a busca avançada de imagens do Yahoo! e procure apenas por imagens em preto e branco. Veja que os resultados em preto e branco mudaram o sentido da sua busca. Utilize o nosso espaço para comentários e discuta por que.

Professor, você aplicou essa atividade em sala de aula? Deixe seu comentário no nosso blog.

yg-t380.jpg

Clique na imagem acima para ver a busca sugerida. (Crédito: Reprodução)

Fotos: stock.xchng

Por Flávia Aidar, educadora e autora da concepção pedagógica do Yahoo! Busca Educação

Anúncios

§ 20 Respostas para O grafite é ou não é arte?

  • Flávia…
    Grande atividade!!! Precisamos divulgar em Secretarias de Educação, Diretorias de Ensino, Escolas… Meios educacionais… O professor não pode desconhecer essa significação dos meios de busca… A criação e a recriação das “ferramentas” precisam ser significadas pelos diferentes usuários…
    [ ]sss

  • Zeneida disse:

    Excelente trabalho. É muito difícil encontrar sugestões de como trabalhar arte na escola pública.Agradeço a oportunidade que vocês estão me dando .

  • Nilson disse:

    Gostei da proposição. Acredito que a maneira de envolver os alunos numa busca de noções e impressões sobre o que vem acontecendo na arte é um ponto favorável para que as pessoas se tornem mais sensíveis. O momento planetário precisa disso.
    Valeu!!!!

  • Mariângela disse:

    Fico muito feliz quando encontro ajuda para enriquecer e aprimorar o meu trabalho como professora. Agradeço .

  • Laura disse:

    Parabéns pela bela iniciativa!

  • Flávia Aidar disse:

    Neli, gostei que você percebeu as possibilidades e extensão de um trabalho que propõe aos professores se apropriarem das ferramentas tecnológicas de que dispomos. Você sugere que divulguemos esta proposta nas secretarias de educação. Em breve estaremos conversando com a SME de SP. Você é professora? De onde?
    Um abraço, Flávia

  • Flávia Aidar disse:

    Olá, vou comentar um por um dos emails:
    2)Zeneida, você é professora de artes? Da rede municipal ou estadual? Podemos ouvir você e suas necessidades sobre o trabalho com artes e propormos algumas outras sugestões. Obrigada pelos comentários! Um abraço, Flávia
    3)Nilson, você é professor de artes? Agradeço seus comentários e espero que possamos contribuir ainda mais com sugestões que possam ser proveitosas para todos. Um abraço, Flávia
    4)Mariângela, suponho que vc seja professora de artes, certo? Gostaria de saber o que mais seria interessante publicarmos para colaborar com seu trabalho. Um abraço, Flávia
    5)Laura, agradeço seu incentivo e gostaria de poder contar com sua participação neste blog. Você é professora? De que área?
    Um abraço, Flávia

  • maria ap. santana disse:

    vou pintar a entrada de minha escola, gostaria de alguns desenhos apropriado. seria possível me enviar?

  • Rozeli Levandoski disse:

    Flavia: Não sou professora de artes mas achei maravilhoso este trabalho.Seria muito bom se outros professores pudessem ter acesso a esta riqueza de trabalho.Acredito ser um excelente meio de ajudar os estudantes que não gostam muito de artes a começarem gostar e quem sabe dar a eles uma valiosa oportunidade de mostrarem o potencial que possuem em suas imaginações.Passarei para outras colegas essa sugestão. Parabéns!

  • Rosa Elena Santos disse:

    Pretendo através do Seminário que estou participando cujo o tema”grafite arte ou vandalismo” procurar inserir nas aulas de artes. Pois este movimento, tem que ser mais divulgado e incentivado, tanto pela comunidades, como pelas instituições que abraçam este movimento.

  • Aline disse:

    o grafite é uma arte, e ao mesmo tempo um dom mas a maioria das pessoas não sabem reconhecer o talento de pessoas talentosas.

  • kaique disse:

    muito loco mano

  • vania h.g.m. disse:

    O grafite foi o assunto que finalizou os conteúdos das 8ª séries da escola em que trabalho.Senti dificuldades em encontrar material de pesquisa, pois a maioria dos alunos não tem acesso à internet.Tive como suporte o filme “Basquiat-traços de uma vida”.Fico entusiasmada quando encontro subsídios que venham suprir as necessidades dos arte-educadores.Agradeço por esta contribuição.Brusque,S.C.

  • Bianca disse:

    eei…adoro grafite e gostaria de saber se tem aulas de grafite em vitória,ES.Proucure saber mais sobre aulas nos lugares para eu praticar….agradeço a atenção…qualquer coisa me mande um e-mail..
    bianca_strozzi@hotmail.com

  • junior rauber disse:

    ae. so amaradao em grafite e gostaria de saber ce tem aula de grafite sao carlos-santa catarina.
    blz.jrauber2004@hotmail.com

  • luciano m falabella disse:

    gostara de parabenizar os realizadores desta aula pois sou professor e estou desenvolvendo um projeto de graffite a arte nas escolas e tem dado um otimo resultado.Guarulhos SP

  • Luis Birigui disse:

    Sou grafiteiro e arte-educador, gostei muito da proposta, mas é sempre bom chamar artistas de rua para mostrar suas diversas experiências que fizeram com que chegassem a tal opinião.
    Ainda é muito discutido esse assunto sobre os próprios artistas que o fazem.
    E é muito bom poder participar do aumento de repertório de conhecimentos artisticos, ainda mais o grafite que é muito assediado pelos interesses dos jovens.

  • Adriana Cerântola disse:

    Caros
    Por acaso acessei este blog e não posso me furtar desse comentário. Gosto muito de ver a manifestação artística ser expressa nas ruas, nos espaços que são públicos. Mas como docente de legislação ambiental preciso alertar aqueles que ainda não tiveram conhecimento do polêmico artigo 65 da Lei de Crimes Ambientais (Lei 9605/98)que tratou o grafite como pixação e definiu pena para sua prática:
    Art. 65. Pichar, grafitar ou por outro meio conspurcar edificação ou monumento urbano:
    Pena – detenção, de três meses a um ano, e multa.
    Parágrafo único. Se o ato for realizado em monumento ou coisa tombada em virtude do seu valor artístico, arqueológico ou histórico, a pena é de seis meses a um ano de detenção, e multa.
    saudações ambientais a todos
    Adriana

  • karla roberta disse:

    gostei dessa dica de trabalhar com artes, uma vez que nós professores de artes em escolas públicas não temos material, nem capacitações para trabalharmos essa matéria tão importante para construção de conceitos e diversas interpretações de mundo, que é a arte. geralmente, professor de artes em escolas públicas são licenciados em outras matérias e aí se torna complicado.

  • ex sandro romao da silva thome disse:

    Nossa!
    Fiquei maravilhado com a ideia, pois o meu projeto de monografia sera em arte educação(embora eu curse Pedagogia), tendo como base o grafite e a sua contribuição para a construção de valores éticos, diminuindo o vandalismo no espaco escolar,entre jovens do 2º segmento do ensino fundamental.
    Confesso que mesmo sendo um grafiteiro,eu estava sem foco na construção do projeto ,entretanto, ao me deparar com esta pagina, acabei por me decidir.
    Peço àqueles que fizeram ou fazem algum trabalho parecido,que possam me auxiliar,estou buscando autores cujas obras eu consiga ter uma base argumentativa.
    Meu ORKUT e : romaos.thome@yahoo.com.br
    /e-mail:sonaivaklam@yahoo.com.br
    Desde ja agradecido!!!!!!!!!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

O que é isso?

Você está lendo no momento O grafite é ou não é arte? no Pesquisa Educação.

Meta

%d blogueiros gostam disto: