Educar 2006 reúne interessados em novas tecnologias na Educação

06/05/2006 § 6 Comentários

Notícia – Hoje terminou o 13o. Congresso Internacional de Educação – Educador e a Feira Internacional de Educação – Educar, cujo tema é “Como o mundo anda educando – O que o Brasil tem a aprender e a ensinar”. O Yahoo! Busca Educação foi conferir o evento.


“Nenhum país pode sobreviver sem uma forte política de educação, conectada com outras políticas públicas» , afirmou o professor Philippe Perrenoud, da Faculdade de Psicologia e Ciências da Educação da Universidade de Genebra, uma das “estrelas” do Congresso, para um auditório lotado de educadores bastante interessados em ouvi-lo sobre as grandes transformações pelas quais a escola tem passado nos últimos anos. Sua frase sintetizou um pouco do espírito do Congresso, que trouxe nomes do quilate de Bernard Charlot (França), Guy Claxon (Inglaterra), Teresa Vasconcelos (Portugal), ao lado dos educadores brasileiros Fernando Almeida, José Valente, Yves de La Taille, dentre outros, para colocar em pauta que, mesmo com os avanços da tecnologia caminhando a passos largos e sem retorno, a educação na era da tecnologia continua sendo uma questão política da maior importância para os países de todo mundo.
Como disse Perrenoud, “a sobrevivência de uma sociedade não depende só dos recursos naturais, mas, principalmente, em uma sociedade do conhecimento, de seus recursos intelectuais”, ou seja é impossível pensar num mundo socialmente justo e ambientalmente sustentável, sem incluir aí uma educação de qualidade para os seus cidadãos. Tal afirmação nos leva a concluir que, mesmo com lousas digitais e simuladores de alto nível entrando para ficar na escola – as grande vedetes da feira – não se faz educação sem um projeto político-pedagógico consistente.
Por Januária Cristina Alves, coordenadora de conteúdo do Yahoo! Busca Educação

Anúncios

§ 6 Respostas para Educar 2006 reúne interessados em novas tecnologias na Educação

  • Neli Maria Mengalli disse:

    Olá…
    Posso afirmar que os professores Fernando José Almeida e José Armando Valente são as nossas estrelas brasileiras… Orientaram e orientam dissertações e teses que muito contribuíram e contribuem com os estudos de políticas públicas… Embora o núcleo de estudo seja as Novas Tecnologias na Educação e na UNICAMP, o professor Valente trabalhe com a Midialogia… Sempre tiveram uma preocupação muito grande com a melhoria do ensino e com o Projeto Político Pedagógico nas escolas…
    Precisamos ouvir os nossos professores e pesquisadores e refletir a nossa prática… Ler o mundo e transformar os nossos contextos…
    Até mais 🙂

  • Gilberto Moura Figuerêdo disse:

    Acredito que o brasileiro já nasce educado o que está faltando, não sòmente ao brasileiro e sim à todos os países é disciplina. Não acredito n’uma sociedade sem disciplina, sem normas técnicas e sem ética. Mas, o que foi exposto no 13º congresso de educação é altamente louvável. O nosso Governo Federal tem feito muito nesse sentido. O que precisamos é respeitá-lo, ajudá-lo.
    e não desrespeitá-lo como estão fazendo.
    AD MAJOREM DEI GLÓRIAM

  • Joao Baptista Rosa disse:

    A sociedade brasileira deve cobrar de seus representantes, o poder legislativo pouco apresentam em termos de projeto para o setor educacional, a própria mídia deixa a desejar em termos educacional. A sociedade sempre responsabiliza os professores, que na sala de aula tem que lidar com todos tipos de preconceitos quer religioso, educacional, social os pais no periodo atual acha que a escola deve fazer o que eles não consegue em seus lares educar seus filhos. A nossa sociedade oferece pouco aos seus professores, quer nos ensino de base(ensino fundamental) ou ensino médio, poucos profissionais tem condições de trabalhar com a tecnologia, com que sálario, quais os cursos, qual a palestra. O exemplo o MEC aprovou o ensino de História afro-brasileira e africana através da lei 10639/03, pergunto quais são as secretárias, delegacias, municipais e estaduais e esfera federal estão orientando seus professores, quais as editoras, autores, universidades trabalham com o assunto importante na cultura brasileira, pois envolve professores de História, Letras, Artes, Geografia e outras matérias fundamentais no corriculo brasileiro, até agora nada existe no setor. A tecnologia é fundamental sim a maioria dos profissionais não possuem condições de pesquisar desenvolver seus trabalhos nesta area porque o sálario do professor é a vergonha desse país. Assim os previlegias que são poucos deveriam ir as nossos escolas ver as péssimas condições que elas se encontram e depois pregar melhoria de ensino.

  • Iranice disse:

    Olá preciso de uma tema para o TCC na áre de pedagogia /Administração Escolar.
    Abraços

  • Maria de Lourdes Modesto disse:

    Considero o Exame de Certificação Ocupacional de Professores um teste de seleção, portanto uma avaliação de exclusão. Algo debatido e comentado entre educadores como Luckesi. Professores, sabemos que uma prova não avalia quase nada. Seria mais interessante e proveitoso aulas teóricas e práticas sobre assuntos novos. Concordo com o professor quando diz: “o MEC aprovou o ensino de História afro-brasileira e africana através da lei 10639/03, pergunto quais são as secretarias, delegacias, municipais e estaduais e esfera federal que estão orientando seus professores…”

  • vera lucia do n fernandes disse:

    gostaria de saber onde posso arrumar materiais para trabalhar a lei 10639/03, pois preciso fazer o meu melhor para montar o ppp de 2007.O material que nos temos é pouco para iniciarmos. Sou professora de História.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

O que é isso?

Você está lendo no momento Educar 2006 reúne interessados em novas tecnologias na Educação no Pesquisa Educação.

Meta

%d blogueiros gostam disto: