Pesquisa revela relação entre conflitos e educação

Notícia – O Instituto SM para Educação divulgou semana passada uma pesquisa que mostrou a relação entre educação e os conflitos dentro e fora da sala de aula. O trabalho “Convivência, Conflitos e Educação nas escolas de SP” está disponível online.


A pesquisa foi divulgada no Encontro Internacional Pátio-ISME de Educação para a Cidadania no dia 31 de outubro na Fecomércio, em São Paulo. O encontro reuniu personalidades como César Coll (Universidade de Barcelona), Álvaro Marchesi (Universidade Complutense de Madrid), Marie-Nathalie Beaudoin (Estados Unidos), e os profissionais brasileiros Rosely Sayão, Yves de la Taille, Marcos Meier, Nilson José Machado, Guiomar Namo de Mello e Tania Zagury.
O evento trouxe ainda a entrega do Prêmio Pátio-ISME de Educação para a Cidadania, que escolheu projetos de formação para a cidadania em escolas de todo o País.
O estudo foi feito a partir de entrevistas com 4.020 alunos e 55 diretores de escolas públicas e particulares da Grande São Paulo e de uma grande cidade do estado. O trabalho foi feito pela pesquisadora Isabel Leme, mestre e doutora em Psicologia Escolar e do Desenvolvimento Humano pela USP, colaboradora da Université de Haute Bretagne. A autora aponta que os conflitos dentro das salas de aula aumentaram nos últimos anos e que “a escola não sabe lidar com a questão dos problemas de convívio e eles podem se perpetuar, inclusive com riscos físicos para os alunos”.

Anúncios

2 Comments

  1. João Pessoa, 22 de Novembro de 2006.
    Realmente de acordo com o texto sobre ” Conflitos e Educação “, as escolas de ensino fundamental/ médio dentro do atual sistema de ensino não estão preparada para trabalharem esta situação, e digo mais que o Estado( No âmbito Federal, Estadual e Municipal juntos as suas Secretarias de Educação deveriam desenvolver um projeto para trabalharem com as familias dos alunos matriculados nas escolas, com objetivo de reduzir os conflitos e a violência dos mesmos dentro e fora das salas de aulas,com isso nos do corpo docente teriamos mais espaço para realizarmos uma educação inclusiva.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s