Veja e publique histórias de vida na escola

31/08/2007 § 8 Comentários

mlit.jpg

Duas sugestões do Memórias da Literatura, do Museu da Pessoa. (Crédito: Divulgação)

Dica – A partir dessa semana, a seção de Dicas do Yahoo! Busca Educação e do Museu da Pessoa passa a palavra para você, educador. Toda semana procuraremos sugestões de educadores para a utilização de histórias de vida em sala de aula. Para participar, envie sua sugestão ao Yahoo! Busca Educação através do nosso canal Participe. Iniciamos com a educadora Andrea Toledo, já entrevistada pelo Yahoo! Busca Educação, que enviou uma dica interessantíssima para quem quer saber mais sobre como envolver a turma no relato de histórias de vida.


“Acredito que praticamente 100% das escolas estudem a história da cidade onde estão localizadas. O que muitas vezes, infelizmente, esquecem é a importância de aproveitar a história dos próprios alunos para fazê-lo.
O Museu da Pessoa, museu virtual de histórias de vida aberto à participação gratuita de toda pessoa que queira compartilhar sua história, vem se tornando fonte de inspiração para este trabalho. Foi o que aconteceu no Instituto Francisca de Souza Peixoto, instituição do terceiro setor que tem como objetivo principal a promoção da educação e da cultura entre seus beneficiados. Depois de conhecer o Museu, participantes da iniciativa de inclusão digital criaram em parceria com amigos portugueses o projeto “O Brasil é já ali e Portugal está mesmo aqui” que se divide em subprojetos como o “Nossa Escola”, “Nosso Instituto” e “Nossa História no Instituto”. Nele jovens distantes geograficamente, mas aproximados pelos recursos da rede, contam suas histórias uns aos outros através de textos, vídeos e fotos.
Aos interessados em desenvolver um trabalho estimulante que com absoluta certeza contará com o apoio dos alunos aí vão algumas dicas:
1. Visite o Museu da Pessoa junto com seus alunos e conheça o maior número de histórias possíveis. Além de ouvir lindas histórias terão a oportunidade de descobrir sabedoria na simplicidade.
2. Comece contando a história da escola, mas não aquela que fala do fundador ou do homenageado com seu nome. Ouça os professores mais antigos, as cantineiras, o senhor que cuida da horta. Anote, fotografe, filme! Você e seus alunos descobrirão “causos” inimagináveis.
3. Sendo possível publique tudo na Internet. Os blogs são as opções mais simples, mas existem também recursos gratuitos para a construção de Wikis e páginas pessoais. Você pode utilizar os canais de publicação do próprio Museu ou, se estiver em São Paulo, consultar sobre o agendamento de visitas. Escolha a melhor maneira para seu grupo. Pesquise!
4. Não se limite à história da escola. Pesquise também a história da rua, do bairro. Procure os moradores mais antigos, pergunte sobre fotos, documentos, utensílios de cozinha, ferramentas, estas pessoas são fonte inesgotável de conhecimento.
Ações como estas contam a história através da visão das pessoas que não tiveram acesso ao poder ou ao prestígio aumentando e valorizando assim, nossa cultura e de nossos alunos.”

Por Andrea Toledo, professor autora dos blogs Professora Andrea e vinculada ao Instituto Francisca de Souza Peixoto.
Um podcast de literatura
Para uma dica ainda mais especial dentro do Museu da Pessoa, veja a seção Memórias da Literatura. Entrevistas em áudio online sobre autores de todo o Brasil são publicadas toda semana. Ouça os podcasts e deixe seu comentário.

Anúncios

§ 8 Respostas para Veja e publique histórias de vida na escola

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

O que é isso?

Você está lendo no momento Veja e publique histórias de vida na escola no Pesquisa Educação.

Meta

%d blogueiros gostam disto: